5/19/2012

Oferendas para Maria Padilha


Aqui vou colocar as receitas para agrados e oferendas à Senhora Maria Padilha, assim este post está sempre a atualizar conforme eu for achando as receitas.




Qualquer oferenda requer preceitos e rituais anteriores à oferenda propriamente dita, como um banho de descarrego, vela para o anjo da guarda, etc.



Outro cuidado, em se tratando de ofertar às Pombas-Giras, é o de levar uma vela vermelha e preta para o Exú Guardião do local da entrega, e, antes de "arriar" a sua oferenda, acender a vela e pedir a liberação do lugar e proteção ao Exú Guardião.

O banho de descarrego, anterior à oferenda, pode ser tomado no proprio dia ou um dia antes.
Pode ser assim:
Ferva meia chaleira de água, desligue e coloque dentro 3 galhinhos de arruda, espere mais ou menos 1 hora, complete a chaleira com água normal e após seu banho de higiene, derrame lentamente na frente e nas costas, pedindo que todas as energias e miasmas negativos saiam de seu corpo.

Após derramar a água com ervas, não se enxague mais e se possível, deixe o corpo secar naturalmente, se se enxugar use uma toalha limpa e coloque roupas limpas e claras.

GOSTARIA DE LEMBRAR QUE O BANHO DEVE SER TOMADO DO PESCOÇO PARA BAIXO, NUNCA NA CABEÇA!

Em seguida, acenda uma vela de sete dias branca, para seu anjo de guarda, em local alto e seguro, não retire a vela da embalagem plástica e a coloque dentro de um pote de vidro por questões de segurança.
Procure comprar as velas de sete dias mais finas que são mais fáceis de caber dentro dos potes. Hoje em dia já existem velas com capa anti-fogo.

O local da entrega das oferendas, deve ser preferencialmente num terreiro que aceite receber, mas caso não seja possível, procure previamenre uma encruzilhada em forma de T num local sossegado, pouco poluído, não faça entregas perto de bares, casas noturnas, açougues, hospitais, prostíbulos, cemitérios (a menos que a entidade solicitante o peça!)

Procure encruzilhadas em ruas residenciais e bonitas, vá anteriormente ao local escolhido e avise mentalmente a entidade que tal dia, em tal hora a entrega será realizada. Não corra riscos desnecessários, em local perigosos e tarde da noite.

(de Cláudia Baibich)



Oferenda para Amor

MATERIAL
1 cesta de palha ou vime
7 maçãs vermelhas inteiras regadas com mel
7 rosas vermelhas (abertas e sem espinhos)
7 cigarrilhas
7 pulseiras (douradas de metal)
7 morangos (regados com mel)
7 velas vermelhas
1 batom vermelho
1 vidro de perfume (gostoso, mas não precisa ser caro)
1 garrafa de licor de cacau

MODO DE PREPARO
Arrumar e decorar uma cesta de vime com as maçãs e as rosas (faça um arranjo bonito, pois está dando um presente a uma amiga), coloque a sidra no meio da cesta. No local, deposite a cesta, abra a garrafa que deve ficar no meio, acenda 1 cigarro e o restante do maço deixe aberto, dentro da cesta, e por ultimo, acenda a vela.
Você já pode levar a cesta, praticamente pronta, isto evita muito tempo de exposição de olhares curiosos ou perigos. Levando a cesta já arrumada, só precisará acender uma 1 vela, 1 cigarro e abrir o espumante, derramando um pouco em volta.
Tudo isso é rápido, não precisa escrever nomes ou o seu pedido, peça mentalmente o que quer, mas peça com amor e tenha paciência para esperar.
As Pombas-Giras precisam de tempo para "correr a gira" e lhe ajudar, caso você tenha permissão e merecimento, é claro.
Antes de colocar sua cesta ofertória, não esqueça de saudar o Exú Guardião do local e acender a vela vermelha e preta para ele, não precisa saber o nome do Exú, basta saudá-lo respeitosamente como "Exú Guardião deste local".
Após 3 dias dessa oferenda, tome um banho feito com pétalas de 1 rosa vermelha, 1 rosa branca, 1 rosa amarela e uma colher de sobremesa de mel. Tome o banho do pescoço para baixo, pedindo que o verdadeiro amor venha para você.

NÃO FAÇA OFERENDAS E NEM BANHOS DE ATRAÇÃO COM ROSAS NAS LUAS MINGUANTE E CHEIA. FAÇA NAS LUAS NOVAS E CRESCENTE.OS BANHOS DE DESCARREGO, PODEM SER FEITOS EM QUALQUER LUA.

(de Cláudia Baibich)


Para abertura de caminhos e amor

Material

1 alguidar
farinha de mandioca crua
mel de abelhas
7 maçãs vermelhas
7 moedas douradas ( lavadas e secas )
7 rosas vermelhas abertas ( sem os espinhos )
7 morangos maduros
7 bombons ( sem os papéis )
7 corações de galinha
1 vidro de perfume
1 champagne rosé
1 maço de cigarros
1 vela branca

Modo de preparo:

Misture um pouco de mel com a farinha fazendo um padê, sem deixar que vire uma massa, a farinha deve ficar bem soltinha, coloque dentro do alguidar, disponha os corações em forma de círculo bem no centro do alguidar, ponha as maçãs em volta, enfeite com as rosas, os morangos e os bombons. Abra o maço de cigarro acendendo sete cigarros, dando três baforadas em cada um fazendo seus pedidos a Maria Padilha , coloque-os no alguidar, abra o perfume e despeje um pouco no alguidar e bastante em volta da oferenda, faça o mesmo com o champagne, acenda a vela do lado esquerdo, saudando Maria Padilha sete vezes, pedindo a ela que corra a gira e resolva seu problema, passe as sete moedas simbolicamente pelo corpo de baixo para cima, reforçando seus pedidos e coloque sobre o presente.

Esta oferenda deve ser feita em lua crescente ou cheia, em uma encruzilhada de cruz, gramado ou beira de estrada. Não se esqueça de antes de se fazer a entrega pedir licença ao guardião do local.

(do site Tarot do Amor)


Para prosperidade em sua vida ou comércio

Material:

1 alguidar
1 pacote de farinha de mandioca crua ( 1 kg )
mel de abelhas
1 vidro de perfume
glitter dourado e prateado
7 moedas douradas ( lavadas e secas )
7 maças vermelhas
1 bife cru
7 rosas vermelhas ( sem espinhos, botões abertos )
7 rosas brancas ( sem espinhos, botões abertos )
7 espelhos pequenos
7 velas vermelhas
1 maço de cigarro
1 vidro de licor de anis

Modo de preparo:

Fazer um padê com a farinha, 1 colher de sopa de mel, um pouco de glitter dourado e prateado, 3 colheres de sopa de licor e 1 colher de café de perfume, misturar muito bem sem deixar grumos, colocar a mistura no alguidar, por cima coloque o bife, e as maças em volta. Enfeite com as rosas vermelhas e brancas,encaixe os 7 espelhos formando um círculo no alguidar. Passe o alguidar simbolicamente pelo seu corpo de baixo para cima pedindo a Pomba Gira Maria Padilha que abra seus caminhos, trazendo, sorte, prosperidade, grandes negociações, peça que ela corte as pragas e maldições que por ventura foram lançadas por seus inimigos, afaste o olho gordo a inveja o quebranto, afaste inimigos visíveis ou invisíveis da terra ou do espaço. Jogue um pouco de mel e perfume no presente, polvilhe o glitter pedindo a Maria Padilha que transforme tudo o que você faz em ouro, que sua aura brilhe, dando-lhe poder de atração.
Regue o presente com o anis, jogue bastante licor em volta do alguidar saudando Maria Padilha 7 vezes, pedindo a ela que corra gira abrindo seus caminhos, acenda sete cigarros dando três baforadas em cada um, refazendo seus pedidos, coloque os cigarros em volta do presente, acenda as velas em volta.

Padê é um tipo de farofa que se faz misturando a farinha com alguns ingredientes que são indicados, basta você colocar a farinha em uma vasilha junto com os ingredientes e ir misturando com as mãos até que fique bem misturado, sem grumos, ao se fazer o padê deve-se mentalizar bem seus desejos, pois você estará passando sua energia para a mistura.

Fazer este ebó em lua crescente ou cheia, em avenida de movimento para ambos os lados e que tenha canteiro no centro, de preferencia próximo a um banco, bem no centro da avenida ( no canteiro central ), não sendo possível fazer em beira de estrada.

Todo tipo de oferenda as Pomba Giras devem ser preparadas fora de casa ( no quintal ou área de serviço ), depois de tudo montado é que se despacha no local indicado.

(do site Tarot do Amor)




Para fazer um pedido a Maria Padilha das Almas,

Num Cruzeiro das almas ou uma encruzilhada aberta fêmea para quem tiver receio de cemitério, coloque um padê de mel (farinha de mandioca misturada com mel), um pouco de fubá misturado com um pouco de azeite doce, faça tipo uma farofa, coloque num prato raso branco ou de barro.
Enfeite com umas folhas de alface, e tomate vermelho, azeitonas pretas, e cebolas cortadas pode ser temperado com sal. Pode também colocar um bife mal passado.
Meio metro de murim vermelho (pano leve e fino de algodão usado para fazer queijo. É também usado para fazer tofu).
1 vela vermelha ou branca.
1 Rosa vermelha sem os espinhos.
1 Garrafa de champanhe.
Se quiser pode pôr também, um brinco, ou colar, pulseira, qualquer acessório feminino.
Abra a bebida, entorne um pouco por cima da comida e à volta, encha um copo, acenda a vela, coloque o prato e a rosa sobre o pano, acenda 7 cigarros em volta do prato e peça a ela o que quiser.
Lembre que é preciso ter fé, usar seriedade, e respeito.Se quiser pode pôr também, um brinco, ou colar, pulseira, qualquer acessório feminino.



Fantasia




Material:
1 copo virgem
1 garrafa de anis
1 maço de cigarros longos (boa qualidade)
7 rosas vermelhas
7 velas pretas
7 velas vermelhas
1/2 metro de de tecido branco
1/2 metro de tecido preto
1/2 metro de tecido vermelho

Numa segunda-feira, levar todo o material ao cruzeiro das almas de um cemitério.
À entrada, bater três vezes no chão, pedindo licença ao Exú encarregado de cemitério, depois de ter entrado pedir licença a Ogum Megê para ir até o Cruzeiro das Almas.
Ao terminar esta parte, pedir licença a Iansã.
Chegando ao Cruzeiro do Cemitério, tirar os sapatos, saudar Obaluaê, o dono da Calunga.
Terminando também esta parte arriar o despacho do seguinte modo:
Esticar os panos, cruzando um por cima do outro em forma de estrela,
abrir a garrafa de anis, derramar um pouco em cruz saudando a MARIA PADILHA das 7 Encruzilhadas, encher o copo, colocando a garrafa no centro e o copo ao lado, em seguida abrir o maço de cigarros, acender um deles, deixando-o em cima do maço, que deve permanecer com as pontas para fora, depois,acender as velas, pondo-as em volta das toalhas na parte de fora, tome cuidado para não pegar fogo, terminando esta parte pegar o cigarro aceso, pondo-o em cima da caixa de fósforos, que deve ficar com as pontas para fora;
com as 7 rosasvermelhas, enfeita-se a toalha formando 1 círculo;
faça o pedido.
peça licença para se retirar, saudando novamente a Obaluaê, dando 7 passos para trás, calçando os sapatos, peça depois licença a Iansã e a Ogum Megê, agradecendo-lhes e vá-se embora. ao sair do cemitério, na porta, saudar novamente o Senhor Exú Porteira, saindo sempre de costas para a rua.



Sem comentários:

Enviar um comentário

Os comentários são moderados. Se vem para dizer mal, saia.
Se vem por bem, usufrua.
Muito Axé

Enviar um comentário